CONSULTAR SPC

SEU E-MAIL

CPF ou CNPJ


Sobre o SPC

O SPC Brasil há em seu banco de dados informações sobre consumidores de todo o país. Assim, é possível consultar tudo o que for referente a históricos de financiamentos e pagamentos.

Consultando o SPC

Se deseja saber se seu nome consta no SPC, abaixo você vai aprender como executar uma consulta .

Realizando consulta gratuita de SPC

Vale lembrar que existe apenas um meio de consulta gratuita, que é aquela feita diretamente nos postos autorizados espalhados por todo o país. Esteja munido do seu CPF e de algum documento pessoal com foto, como RG, CNH (Carteira Nacional de Habilitação) ou Carteira de Trabalho.

Como é o processo para realização da consulta?

A pessoa interessada em consultar deve consulta SPC dirigir-se ao SPC mais próximo de sua casa. Lá eles pedirão os documentos necessários para a realização da pesquisa e, então, é emitido um extrato informando o histórico daquele CPF.

No documento consultado irão aparecer informações sobre o CNPJ e o CPF requerido, e nessa hora é importante conferir se os dados estão corretos.

Havendo inadimplência, elas aparecerão juntamente com as informações referentes aos credores, para que você entre em contato e regularize sua dívida.

Caso haja necessidade, o consumidor pode pedir o contrato referente à restrição para fins de esclarecimentos. E se não houver nenhuma restrição, aparecerá o status “nada consta”

O pedido também pode ser feito via carta assinada, junto com a cópia dos documentos pertinentes.

Outro modo mais prático de consultar é de dentro da própria casa, utilizando apenas o computador ou algum dispositivo conectado à internet. Basta procurar a relação empresas que possuem convênio e que realizam este serviço, onde geralmente é cobrada uma taxa. Vale verificar se a empresa tem certificado de segurança (https).

Se eu não declarar imposto eu tenho o CPF cancelado?

A Receita pode cancelar proceder com o cancelamento, caso você não faça as declarações de imposto de renda, mesmo aqueles que são isentos. Estes devem estar em dia com a Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda e Declaração Anual de Isento, devendo informar também o CPF de seus dependentes.

Ano a ano, a Receita Federal faz a publicação antecipada da data de declaração do IR (Imposto de Renda). É necessário preparar-se para não exceder o prazo, pois a perda do prazo pode te colocar sob suspeita de sonegação, estando o contribuinte sujeito ao cancelamento do CPF e a penalidades previstas em lei.

Se você deixa de entregar no primeiro ano de arrecadação, o CPF começa a constar na receita como "pendente de regularização". A consulta da situação cadastral faz constar essa informação, momento em que é preciso regularizar a situação junto à Receita Federal o quanto antes. Após dois anos de irregularidade, o CPF é imediatamente cancelado pela Receita Federal, o que pode ocasionar nos seguintes problemas:

- Mesmo se seu nome estiver limpo, você não conseguirá crédito. Os órgãos como SPC, SERASA e SCPC (Boa Vista) pesquisam sua situação cadastral através do seu CPF e transmitem essas informações para as concessoras de crédito.

- Você fica impedido de viajar pois não consegue emitir passaporte.

A declaração é feita por meio do Receitanet deve ser baixado de acordo com ano que você for declarar .

As multas devem ser pagas mas a Receita oferece a prerrogativa do parcelamento mínimo de R$50,00.

Quite e seja prudente com a União.


Cadastro positivo SPC

Seja você pessoa física ou jurídica, deixe autorizada a abertura do seu Cadastro Positivo após o devido preenchimento da assinatura do termo, para que se possa averiguar o histórico de pagamentos no comércio como um todo.

Que informações constam no histórico ?

As devidas informações que podem aparecer na hora de pedir crédito são:

Quais tipos de compras ficam disponíveis?

Consta no histórico de pagamento as informações relacionadas a financiamentos, empréstimos, compras a prazo e despesas com o fornecimento de água, esgoto, luz, gás, telefone (exceto modalidade pós-pago), assistência médica, odontológica, internet, TV por assinatura, escolas, administradoras de cartões e instituições financeiras. Saiba utilizar seu crédito.

Pesquise antes de começar a usar o crédito, porque a taxa de juros pode mudar de banco pra banco. Os bancos públicos como a Caixa e o Banco do Brasil têm uma política de taxas mais justa.

A conta salário é uma contrapartida na hora de pedir créditos. Eles realizam o cálculo e utilizam como referência o valor do salário para concessão de juros mais baixos.

Se você tem e utiliza cartão de crédito, sempre pague o valor total da fatura. A instituição financeira oferece a possibilidade de pagamento mínimo, mas esta é uma verdadeira armadilha para o endividamento.

É comum para quem precisa de crédito pedir o penhor de um bem, e o mais comum é o carro. Essa garantia pode fazer os juros baixarem, mas faça isso somente se tiver certeza que conseguirá quitar. E fique atento porque durante este período o carro passa a ser do banco, e qualquer inadimplência pode fazer com que você o perca.

Se for fazer empréstimo, só peça valores que caberão no seu bolso e considere a possibilidade de dar uma boa entrada. O financiamento de uma casa, por exemplo, pode ser feito com o dinheiro do FGTS e para automóveis, poupe no mínimo 20% do seu valor e utilize como dinheiro de entrada para reduzir o restante das parcelas.

Se há dívidas em seu nome nas instituições de proteção ao crédito, como SPC Brasil, procure esses órgãos para que eles possam te auxiliar na recuperação do crédito e te ajudar com educação financeira.

Controlando as dívidas



Veja as iniciativas para limpar seu nome e as coloque em prática.

Veja o processo

Se você está negativado nos órgãos de proteção ao crédito, assim como o SPC, veja:

– Se já tem a notificação, confira quem foi a empresa que mandou e tente negociar.

– O comunicado fornece as pendências que você precisa regularizar.

– Se não tem ideia de onde surgiu o débito, é possível pedir informações junto a um posto de concessão de crédito e ter maiores esclarecimentos.

–Você pode pedir um demonstrativo para saber o que precisa negociar. Veja as instruções em “Como renegociar suas dívidas”.

– Peça sempre o demonstrativo com os devidos valores de débito, de juros e do acordo realizado entre as partes.

– Se for cheque sem fundo, procure sua agência bancária e tente cobrir o mesmo com o valor em questão. Em casos específicos, o banco fornece uma cópia microfilmada do cheque.

– Após regularizado, as empresas automaticamente retiram seu nome da lista de devedor e seu nome volta a possuir crédito.

Uma pesquisa feita com 8 mil consumidores revela que a maioria tem seguido a meta de realizar o pagamento de contas em dia. Tudo foi capturado pelo indicador da inadimplência, que reduziu nos últimos meses.

Prevenindo Fraudes

A Consulta de CPF e CNPJ tem dados como endereços, inconsistências comerciais e nomes semelhantes. Mesmo que esteja em ordem, o sistema é passível de falhas, por isso é importante o cruzamento de e a conferência de dados.

Todos têm a obrigação de quitar suas dívidas, seja pessoa física ou jurídica, e as ferramentas e orientações disponibilizadas pelo Serasa Experian facilitam as boas práticas da educação financeira.

Saiba mais

Não basta fazer frequentemente a consulta da sua situação cadastral, é preciso ter controle para não se endividar. Então, fique atento às dicas de especialistas e adquira uma boa educação financeira.

Lembre-se sempre de proteger seus dados e utilizar somente canais de confiança para consultar algum serviço na internet relacionado ao CPF .

Vá além

Procure saber mais sobre os projetos que existem para facilitar a regularização das dívidas e busque um especialista credenciado para limpar seu nome. Fique por dentro das empresas credenciadas para tal serviço, afinal a segurança da informação é tudo.


"Com o Consulta Pelo CPF você obtém em instantes Todos os Dados de qualquer pessoa informando somente o CPF/CNPJ dela!"


Consulta Pelo CPF - Todos os direitos reservados - atendimento@consultapelocpf.com.br